quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Ginástica Facial

ginástica facial


Esticar a testa, contrair os lábios, puxar os olhos. Esses são alguns movimentos da ginástica facial.

Afinal, não é só o corpo que precisa de exercícios físicos para ficar em forma.
Os músculos do rosto, pescoço e do colo também precisam de ginástica para continuar firme e com aspecto jovem.

A ginástica facial atua como alternativa nos tratamentos para evitar a flacidez e as rugas causadas pelos movimentos involuntários que fazemos no dia-a-dia. Pessoas de todas as idades podem fazer ginástica facial. "Quanto mais cedo começar a ginástica, entre os 25 e 30 anos, mais preventivo será o resultado. O rosto vai ficar o melhor possível na idade avançada", explica Bartira Bravo, terapeuta facial.

Segundo a especialista, a ginástica facial relaxa a face, tira a tensão e fortalece a musculatura. Quando o rosto está tenso, flácido, a circulação no local diminui. "O exercício aumenta o metabolismo celular, a oxigenação e a circulação sanguínea, ativando a produção de colágeno, que sustenta a pele", explica Maria Helena Rezende, fisioterapeuta do Studio Fitface, do Rio de Janeiro.

No processo de emagrecimento a ginástica facial é indicada para combater a flacidez, sulcos e rugas que podem aparecer devido a uma perda rápida de massa muscular e gordura subcutânea. Já durante o envelhecimento, essa perda acontece de forma lenta e gradual acompanhada de diminuição de massa óssea.
"Os exercícios vão compensar essa perda, através da hipertrofia natural da musculatura da face, que ocorre quando os músculos são exercitados corretamente", afirma a fisioterapeuta.

Durante uma sessão de ginástica facial pode-se exercitar os músculos da mímica, da mastigação, do pescoço, da coluna cervical e da cintura escapular. "Muitas vezes um queixo duplo pode ser provocado não apenas pelo excesso de peso, mas também devido a uma postura pobre do corpo, a uma má postura da cabeça e do pescoço, ou a problemas de mastigação ou de respiração", explica Maria Helena.

O trabalho da ginástica é muscular, mas a pele fica mais oxigenada, mais viçosa. "Até o diâmetro dos poros diminui com o tempo", conta Bartira. Ela também faz um alerta: a ginástica facial não elimina o excesso de pele, como nas pálpebras, por exemplo, quanto existe muita flacidez no local. "Neste caso, só mesmo cirurgia", revela.

No caso de cirurgia plástica a ginástica fácil serve como manutenção. "Para quem já fez cirurgia no rosto, a ginástica é importante para que não ocorra novamente flacidez. Serve como manutenção e prevenção", alerta Bartira.

De acordo com a especialista, os primeiros resultados são alcançados em apenas um mês, desde que os exercícios sejam praticados diária e corretamente. A orientação é necessária para evitar o resultado contrário, causando a formação de linhas de expressão.

Veja alguns exercícios para deixar sua pele mais bonita

Os exercícios podem ser feitos em casa. Dedicar 20 minutos por dia já é suficiente para minimizar os sinais do tempo. Segundo Maria Helena, os exercícios podem ser divididos por áreas, testa e couro cabeludo, pálpebras e globo ocular, nariz e maçãs do rosto, boca e bochechas, queixo e linha da mandíbula, debaixo do queixo e pescoço, ombros (cintura escapular). "Os exercícios devem ser feitos lentamente, na frente de um espelho para controlar os músculos trabalhados e relaxar os outros músculos da face", aconselha.

1. Exercício para o couro cabeludo e para suavizar as rugas da testa

a) coloque os dedos indicador e médio entre as sobrancelhas, fazendo uma pressão suave.

b) puxe as sobrancelhas para baixo, franzindo a testa, como se uma sobrancelha fosse encontrar com a outra.

c) então, lentamente erga as sobrancelhas o máximo que puder, e abra bem os olhos, arregalando-os.

d) lentamente, volte à posição normal.

Fazer 10 vezes o exercício.

2. Exercício para pálpebras caídas

a) abra a boca um pouco. Erga as sobrancelhas e feche os olhos.

b) enquanto ergue as sobrancelhas, alongue as pálpebras o máximo que puder. Sinta como se estivesse tentando obter a maior distância possível entre os cílios e as sobrancelhas. Segure o alongamento por dez segundos.

c) muito lentamente e conscientemente, solte a pressão das pálpebras e relaxe os cílios, retornando as sobrancelhas à posição normal.

Fazer o exercício 6 vezes.

3. Exercício para levantar as maçãs do rosto

a) coloque o dedo indicador abaixo do canto externo do olho direito.

b) erga as sobrancelhas e abra bem os olhos.

c) faça um sorriso usando apenas o lado direito da face, empurrando o canto direito da boca para cima, enquanto lentamente empurra a pálpebra inferior para fechar o olho direito.

d) então, lentamente retorne à posição normal.

e) retire o dedo.

f) repita todos os movimentos acima com o lado esquerdo.

Fazer o exercício 5 vezes de cada lado.

4. Exercício para diminuir papos nos cantos da boca

a) coloque os dedos indicadores nos cantos da boca.

b) mantenha as pontas dos dentes juntas durante todo o exercício.

c) agora, lentamente mova os cantos da boca em direção às orelhas, fazendo um sorriso sem mostrar nenhum dente. Todo o esforço deve ser feito com os cantos da boca ficarem entreabertos ligeiramente.

d) mantendo as pontas dos dentes juntas, puxe lentamente os cantos da boca fazendo uma exagerada expressão de "beijo". Toda a força deve ser exercida apenas nos cantos da boca, mantendo o centro dos lábios o mais relaxado possível.

Fazer o exercício 6 vezes.

5. Exercício para diminuir queixo duplo

a) coloque a mão fechada debaixo do queixo.

b) com os lábios firmemente fechados, bem devagar separe os dentes superiores dos inferiores.

c) lentamente, retorne os dentes à posição normal como faz durante a mastigação.

Fazer o exercício 20 vezes.

6. Exercício para suavizar a pele do pescoço

a) coloque a mão sobre a pele do pescoço fazendo uma suave pressão.

b) faça uma exagerada posição de "beijo" com os lábios, como se fosse beijar o espelho, forçando os cantos e relaxando o centro da boca. Continue alongando, até sentir uma sensação de formigamento.

c) lentamente relaxe os lábios, sorria com os lábios juntos. Puxe os cantos da boca para baixo.

Fazer o exercício 5 vezes.

Fonte: http://cyberdiet.terra.com.br

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Efeitos do Excesso de Bebidas Alcoólicas no Organismo

efeitos do álcool no organismo


Confira agora por que o excesso de bebidas alcoólicas causa tantos danos ao nosso organismo e quais partes do nosso corpo são mais afetadas com essa prática:

Por que o excesso de álcool causa tantos danos?

Para entender como a ingestão de bebidas alcoólicas consegue causar danos a tantas partes do nosso corpo, é preciso explicar o processo de metabolização do álcool ou etanol, ou seja, como o nosso corpo absorve, metaboliza e excreta essa substância. 

A médica Ana Cecilia explica que o órgão responsável por metabolizar o álcool é o fígado, e que ele só metaboliza em média uma dose de bebida alcoólica por hora - entenda uma dose como uma lata de cerveja (360ml), uma taça de vinho (100ml) ou de destilado (40ml). 

Portanto, se tomarmos seis latas de cerveja, por exemplo, nosso fígado irá levar as mesmas seis horas para metabolizar todo o álcool presente em nosso corpo. "E enquanto o fígado metaboliza a primeira latinha, o resto do álcool fica circulando no sangue e intoxicando, causando alterações e danos em diferentes órgãos", explica Ana Cecília.

Sistema gastrointestinal 

Quando bebemos uma cerveja ou uma caipirinha, o álcool logo é absorvido pelo nosso sistema gastrointestinal. Ele irrita as mucosas do esôfago e do estômago, alterando as membranas do intestino, prejudicando a absorção. 

Os resultados podem ser esofagite, gastrite e até diarreia. Já no fígado, o álcool vai alterar a produção de enzimas, aumentando este conjunto de substâncias que serão responsáveis pela metabolização. 

"É como se o álcool forçasse o trabalho do fígado, que fica sobrecarregado", diz Ana. "O fígado passa a produzir mais enzimas para metabolizar o etanol e isso culmina com uma inflamação crônica e hepatite alcoólica, podendo evoluir para cirrose", completa. 

Outro órgão afetado pelo excesso de bebidas alcoólicas é o pâncreas, responsável pela fabricação de insulina e de enzimas digestivas. O álcool pode causar uma inflamação no pâncreas, e essa inflamação pode evoluir para uma pancreatite. 

A pancreatite é uma doença que causa uma forte e repentina dor abdominal, perda de apetite, náusea, vômito e febre. O tratamento é feito em hospitais e inclui medicações para a dor e antibióticos. 

Sistema nervoso central

Quando abusamos das bebidas alcoólicas, o sistema nervoso, ou seja, nosso cérebro é afetado logo após a ingestão da segunda dose. Homens apresentam alterações na percepção da realidade e do comportamento logo após a segunda dose, e mulheres já na primeira. 

De acordo com a especialista Ana Cecilia, os sintomas decorrentes da presença de álcool no sistema nervoso são: problemas de atenção, perda da memória recente, perda de reflexo, perda do juízo crítico da realidade. Com o aumento da dose, sonolência, anestesia e, no grau mais elevado, o coma alcoólico. 

"O coma é um grau de intoxicação grave, por ação direta do etanol no sistema nervoso central e em outros sistemas orgânicos", diz Ana Cecilia. Quando isso acontece, é muito importante procurar socorro médico. 

Se o corpo não conseguir se recuperar do coma, pode haver parada respiratória, podendo levar à morte.

A reversão do quadro inclui medidas gerais para manutenção da vida, que vão desde oxigenação, hidratação, correção da glicemia, do magnésio e do zinco, entre outros cuidados que podem variar de caso para caso.

Sistema renal

Os rins são responsáveis pela filtração final do etanol, de apenas 6% da substância. Mas quando abusamos das bebidas, o etanol altera a capacidade dos rins de filtrar as substâncias do nosso corpo, causando uma alteração dos hormônios que controlam a pressão arterial, o que culmina em hipertensão arterial. 

Pulmões 

Como o sangue passa pelos pulmões para efetuar as trocas gasosas, nem esse órgão fica livre dos efeitos do álcool. "O etanol deixa as trocas gasosas mais lentas, pois os pulmões recebem um sangue muito sujo", conta Ana Cecilia. 

O resultado disso é uma respiração mais lenta, fazendo a pessoa sentir dificuldades para respirar. É por isso também que o bafômetro capta o álcool ingerido, que ainda está circulante.

Sistema cardiovascular 

A ingestão de bebidas alcoólicas favorece a liberação de dopamina no cérebro. Este hormônio neurotransmissor é responsável pela regulação de outras substâncias que, por sua vez, regulam o sistema cardiovascular.

Isto significa uma possível alteração da pressão arterial, da frequência cardíaca e depois, dos vasos sanguíneos. A taquicardia e a hipertensão arterial são as consequências mais comuns. 

Sistema muscular 

É o sistema nervoso central o grande responsável por movimentar nossos músculos. A médica especialista da Abead explica que além da alteração central causada pelo álcool, que deixa as mensagens que chegam aos músculos mais lentas, as ligações nervosas periféricas são comprometidas, e a sensação é de relaxamento.

Sistema hormonal

Ninguém escapa da ação do etanol e, portanto, as glândulas também têm seus produtos, no caso os hormônios, alterados. Porém, são as pessoas que já apresentam doenças de alteração hormonal, como diabetes, que sentem com mais intensidade os danos físicos pela ingestão de bebidas alcoólicas. 

A principal consequência do abuso de álcool em diabéticos, por exemplo, é uma rápida evolução ao coma alcoólico. Ana explica que o etanol altera a metabolização da glicose pelo fígado e pelo pâncreas, este último já adoecido pelo diabetes. Por conta disso, os danos aparecem mais rápido.

Ressaca

Além de todas as complicações que o álcool causa enquanto o indivíduo ainda está embriagado e intoxicado, ele ainda deixa seu efeito para o dia seguinte, a famosa ressaca. Dentre os sintomas da ressaca estão enjoo, vômitos, diarreia, tontura, pensamento embaralhado, moleza e até um sentimento de tristeza. 

Abuso do álcool é diferente do alcoolismo 

Como já foi dito anteriormente, o abuso do álcool é quando a pessoa bebe em grandes quantidades e tem problemas, mas não é dependente. 

O alcoolismo é a doença crônica, a dependência pela bebida. E as consequências são individuais, tanto para os abusadores como para os dependentes.  

"Quando a pessoa é dependente de álcool é diferente. Ele tem uma tolerância maior pelo etanol, que demora em média, cinco anos para se desenvolver", conta Ana Cecilia. 

Os órgãos e sistemas comprometidos são os mesmos citados acima, porém, quando os problemas aparecem, as complicações são bem mais graves e muitas vezes irreversíveis.

Dentre as doenças que podem surgir do alcoolismo estão gastrite crônica, hepatite crônica que pode evoluir para cirrose, hipertensão arterial, diabetes por alteração crônica no funcionamento do pâncreas e problemas de memória que podem evoluir para demência alcoólica - não só quando está sob os efeitos da bebida, como é o caso do abuso -. Além disso, o álcool também altera a imunidade, abrindo caminho para o surgimento de outras doenças.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Dicas para manter uma Postura Correta

postura corporal


Grande parte das causas de dores nas costas ou problemas de coluna são decorrentes de posturas incorretas. Além de evitar as dores da coluna, a boa postura ajuda a melhorar a circulação, a respiração e até a digestão. Por outro lado, uma postura inadequada, além dos problemas da coluna, pode afetar todos os outros órgãos. Veja as dicas que preparamos para você manter uma postura correta nas atividades normais de seu dia-a-dia:

- A má postura ao andar é a causa de muitas dores; portanto, procure endireitar-se ao andar, mantendo o tronco ereto, os ombros em linha reta e a cabeça erguida.

- Ao subir escadas não se incline muito para frente para não sobrecarregar a coluna.

- Nunca dobre seu corpo à frente sem dobrar os joelhos.

- Procure dormir de lado e com as pernas encolhidas. O travesseiro deve ser da altura do ombro para manter o pescoço paralelo ao leito e, se possível, usar outro travesseiro entre as pernas. Utilize colchões que cedam suavemente ao peso do seu corpo, evite os ortopédicos muito duros e os de espuma, muito moles.

- Ao levantar pesos, aproxime-se do objeto, dobre os joelhos com a coluna reta e a barriga para dentro, peque o objeto e levante-o próximo ao corpo. Caso o objeto seja muito pesado, peça ajuda de outras pessoas. Evite carregar sacolas e bolsas pesadas de um lado só. Distribua sempre o peso.

- Ao sentar-se, encoste-se completamente na cadeira evitando “esparramar-se”. Mantenha a coluna reta e com ângulo de cerca de 90 graus com as coxas. Caso necessário, coloque uma pequena almofada na altura da coluna lombar (meio das costas e embaixo). Prefira esta postura para ler e assistir TV.

- No computador, utilize uma cadeira com apoio lombar e regule a altura do assento de forma que seus pés fiquem apoiados no chão ou num apoio levemente inclinado, com os joelhos fazendo um ângulo de 90 graus. 

- Mantenha a cabeça alinhada com o corpo, os braços num ângulo reto de 90 graus e os punhos retos. A cabeça também deve ficar alinhada com o corpo. Procure levantar e descansar periodicamente, fazendo alguns exercícios de alongamento.

- Ao dirigir use sempre o encosto reto e mantenha os braços flexionados.

- Em tarefas em pé, mantenha a coluna reta e apóie um dos pés alternadamente em um apoio ligeiramente mais elevado.

- Sempre que possível, faça pausas durante a realização das tarefas, alongue e relaxe periodicamente.

- Além disso tudo, procure ter uma vida saudável, alimentando-se adequadamente, incluindo atividades físicas em seu estilo de vida e procurando ajuda profissional sempre que se fizer necessário.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Musculação e alimentação ajudam no aumento da massa muscular

musculação e alimentação


Muita gente quer ganhar uns quilinhos a mais. Não de gordura, mas de massa muscular, a chamada massa magra. Veja como você também pode aumentar os músculos e diminuir a gordura do seu corpo.

Pode parecer estranho, mas tem muita gente que quer ganhar uns quilinhos a mais. Mas não é de gordura e sim de massa muscular, a chamada massa magra. Você também pode aumentar os músculos e diminuir a gordura do seu corpo.

Nosso corpo é formado por massa magra, que são os músculos, ossos e vísceras, e massa gorda, que é a gordura. Uma é responsável pelos movimentos, e a outra é a nossa reserva de energia. As duas são importantes, desde que na medida certa.

Há uma série de cálculos que definem qual a quantidade ideal de cada uma no corpo. O mais comum é este. “A variação das dobras cutâneas. A gente pega basicamente a gordura corporal da pessoa”, diz Thiago Lourenço, especialista em movimento humano da Unicamp.

Nas mulheres, a massa gorda varia de 23% a 32%, e nos homens, de 14% a 25% . “Esteticamente, fica mais bonito quando a pessoa, além de ganhar massa magra, consiga perder também a massa gorda que está recobrindo essa musculatura”, afirma Lourenço.

Uma das formas de ganhar massa magra é praticar exercícios físicos. O mais eficiente neste caso é a musculação. Menos repetições e mais carga de peso ajudam a definir melhor a musculatura. Se os treinos forem diários, é importante alternar a parte do corpo trabalhada, porque os músculos precisam de 48 horas para se recuperar.

Para conseguir um bom resultado, você precisa aliar musculação a uma alimentação balanceada e bem específica. Para aumentar o volume da musculatura, o organismo precisa de mais energia.
Por isso, a dieta para ganhar massa magra é normalmente hipercalórica. A primeira dica é se disciplinar e não ficar muito tempo sem comer. De preferência, a cada três horas.

“Não passe fome de jeito nenhum. Se você está treinando, fazendo uma dieta, e mesmo assim você está sentindo muita fome, precisa ter um ajuste, aumentar as calorias. Calorias insuficientes, mesmo fazendo uma musculação para hipertrofia, você corre o risco de ter perda de massa muscular”, afirma a nutricionista Cláudia Berton Novais.

A dieta deve priorizar carboidratos, que vão dar a energia para os treinos, e as proteínas, que vão ajudar a dar volume ao músculo. “A combinação arroz e feijão é muito importante para o ganho da massa muscular. Além de serem fornecedores de calorias, de carboidratos, de proteína vegetal, eles se completam nos aminoácidos essenciais”, diz Cláudia.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Pés quentinhos e bem cuidados no inverno

pés bonitos e relaxados

Para atenuar a sensação de pés gelados nessa época do ano, mantenha-os agasalhados e hidratados.

Quando a temperatura fora da sua janela cai, a temperatura do chuveiro aumenta. E muito! Um dos maiores vilões do ressecamento da pele no inverno é a água quente do banho ou do escalda pés. As práticas são infalíveis para manter o relaxamento de todo o corpo e os pés aquecidos, mas requerem a hidratação como aliada. O hidratante garante a sensação de conforto, além de oferecer proteção para a pele dos dedos, calcanhares, arcos e plantas dos pés.

Justamente por ficarem mais cobertos, os pés podem suar mais nessa época do ano. As dicas para quem transpira em excesso são: lavar os pés com água e sabão neutro, retirar todo o produto, secar adequadamente os dedos e, após a higiene adequada, aplicar hidratantes próprios para os pés, que geralmente possuem em sua formulação a concentração ideal de agentes emolientes. Esses componentes proporcionam hidratação profunda, evitando rachaduras e também formam uma película protetora em toda a pele, cuidando não só de áreas onde é mais grossa e rígida (como o calcanhar), como também de áreas mais finas e delicadas (dedos, arcos e planta dos pés).

Confira outras dicas para deixar seus pés sempre lindos e saudáveis:

- Transpiração - meias de algodão são as melhores, pois absorvem a umidade. Se for usar calçado fechado, aplique algum talco ou spray antes de sair de casa.

- Micoses - procure sempre usar chinelos em praias, banheiros de clubes, academias, piscinas ou qualquer outro espaço público. Calor e umidade são o ambiente ideal para a contaminação por fungos.

- Relaxamento - faça um escalda-pés, colocando óleos essenciais, sais de banho, bolinhas de gude, sal grosso ou pétalas de rosas. Isso relaxa, estimula a circulação e alivia o estresse, além de abrir os poros e amolecer a pele, o que facilita ainda mais a ação dos cremes hidratantes.

Fonte: http://sentirbem.uol.com.br/

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Emagreça até 7kg por mês com Fields of Greens - PROMOÇÃO - APROVEITE

fields of greens


O que é

Tabletes feitos a partir de cevada verde, palha de trigo, alfafa, pimenta-caiena (todas em pó) e mel. Também tem enzimas, fibras, minerais, vitaminas, cálcio, magnésio, ferro, potássio, clorofila...

Por que emagrece?

Por ser termogênica, aumenta a temperatura corporal, promovendo apenas a queima de gordura e não de massa muscular.

Como ingerir

Com 300 ml de água, tome duas cápsulas meia hora antes do café da manhã, do almoço e do jantar.


Contraindicação

Não tem.

Efeito colateral

Não tem.

Preço

De: R$35,00 Por: R$30,00 (80 cápsulas).

Informações:

www.foreverliving.com.br






quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Nova Pirâmide Alimentar - Atividade Física


A pirâmide alimentar é a representação de uma alimentação saudável. Alimentos em sua base são as fontes primárias, ou seja, que devem estar presentes em maior quantidade, enquanto o topo é constituído por alimentos que devem ser moderados ou até mesmo evitados.

Esta pirâmide alimentar foi desenvolvida pelo Banco de Saúde a partir das recentes evidências médicas e científicas para uma dieta.

O que muda na nova Pirâmide Alimentar:

Na base da pirâmide está a prática de atividades físicas na forma exercícios, lazer, esportes e uma vida ativa. Nenhuma alimentação é totalmente efetiva na prevenção de doenças quando não está aliada a uma vida ativa.

As gorduras passaram a ter um papel de destaque na dieta, em especial as gorduras saudáveis mono e poliinsaturadas, encontradas em óleos vegetais, peixes, castanhas e nozes.

Os carboidratos continuam em destaque, mas é enfatizada a escolha de carboidratos integrais, em detrimento de suas versões refinadas.

Frutas e verduras são fontes diversificadas de fibras, sais minerais, vitaminas e outras fitosubstâncias com potencial de prevenção várias doenças.

A inclusão de castanhas, nozes, amêndoas e amendoins na alimentação é estimulada, pois são excelentes fontes de proteínas, gorduras saudáveis, vitaminas e sais minerais.

As proteínas constituem parte importante de uma dieta, mas mais uma vez, ressalta-se a escolha de fontes de proteínas saudáveis, ou seja, aquelas que estejam associadas a gorduras saudáveis ou menor quantidade de gorduras saturadas. Neste caso, os melhores exemplos são os peixes.

O consumo de leite e derivados deve ser moderado, principalmente pela gordura saturada que vem junto com estes alimentos.

Ao final, encontram-se os grandes vilões, que devem ser consumidos com cautela ou mesmo evitados:

• Alimentos ricos em gorduras trans: Alimentos industrializados que contenham gordura vegetal hidrogenada, incluindo diversas margarinas, bolachas, bombons, pães, sorvetes. Observar os ingredientes, agora é essencial para fazer escolhas saudáveis.

• Alimentos ricos em gorduras saturadas: Carnes vermelhas são os grandes representantes desta classe, mas aqui também estão incluídos a manteiga, o leite e seus derivados.

• Alimentos ricos em carboidratos refinados: Açúcar, massas e pães feitos com farinha branca, ou seja, refinada e destituída de todas as suas fibras e vitaminas originais.

Por fim, é importante saber que a pirâmide alimentar servem como um guia para orientar as escolhas do dia a dia, e que a melhor maneira de buscar uma dieta saudável é incluir alimentos saborosos que realmente façam diferença para a saúde.


Fonte: www.bancodesaude.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...